Paris é uma festa: Kiki de Montparnasse

A cidade é Paris, do início do século XX, a Meca dos artistas, literatos, modistas, boêmios e doidos de toda espécie. Paris, depois da grande guerra atraiu as mais diversas personalidades do mundo da arte e da literatura para seus bordeis, bares, restaurantes; todo artista que pretendia ser alguém sonhava ter um atelier por lá, de preferência em Montparnasse ou em Montmartre.

Graphic Novel: Kiki de Montparnasse

Essa Paris, amada por 11 em cada 10 artistas talvez tenha sido a responsável pela inspiração deles! A Europa passava por grandes modificações, a cidade passava por suas remodelações e a arte era recriada a cada instante. Essa Paris conheceu figuras fantásticas, figuras que refizeram os conceitos de arte e literatura. É uma cidade que se enfeita com muitas luzes para fugir da sombra da grande guerra, para escapar da ressaca de um mundo em caos.

No início do século XX a cidade viu-se tomada por jovens artistas, ávidos para mudar o universo com suas pinturas, esculturas e poesias. E nesse mundo fervilhante orbitavam amantes, amores e modelos; afinal, a arte não se faz do nada.

É nessa Paris que, em um dia de 1913, aporta uma jovem provinciana, sem muito estudo ou modos. Ela tem só 12 anos, mas já deixa transparecer o espírito transgressor pelo qual vai ser conhecida posteriormente. Tal como Aquiles, ela quer deixar algo, quer deixar a sua imagem para a posteridade, uma obra que a torne célebre. E saiba, ela conseguiu!

Graphic Novel: Kiki de Montparnasse

Essa garota, que passou por muita dificuldade em seus primeiros anos de cidade grande, chama-se Alice Prin, mais conhecida como Kiki de Montparnasse; transgressora e revolucionária; foi uma mulher além de seu tempo. Ficou notória por posar para os inúmeros artistas que tentavam ganhar a vida na cidade luz.

Sua falta de pudor, seu jeito desinibido de ser, seu gosto pela moda e pelo luxo a tornaram famosa por toda a Paris. Por vezes foi tomada como prostituta, por vender a própria imagem - enfrentou moralismos e preconceitos e se tornou um ícone de uma era.

Graphic Novel: Kiki de Montparnasse

Graphic Novel: Kiki de Montparnasse

Foi companheira de Man Ray e musa de suas fotos mais marcantes. Ela também foi imortalizada por Kisling, Foujita, Per Krohg, Calder, Utrillo e Léger; toda uma geração de artistas que, posteriormente, seriam consagrados.

Essa é a história de Kiki de Montparnasse, de Catel & Bocquet, da Editora Galera, o ramo jovem da Ed. Record. A Graphic Novel biográfica trás a história de vida dessa importante figura da arte, da modelo de tantos artistas que também foi cantora. Relata sua relação com o fotógrafo, pintor, cineasta e, acima de tudo, artista americano Man Ray; vê-se a evolução da personagem, em sua busca por liberdade.

Graphic Novel: Kiki de Montparnasse

Kiki tornou-se um ícone artístico e sexual para toda uma geração! A HQ mostra o espírito da época, retrata os cabarés, os cafés e ateliês da cidade; lugares frequentados por toda sorte de pessoas, influenciadas pelos anos loucos do início do século XX, pessoas como Kiki, que busca liberdade e liberação.

Para quem gosta de história da arte e da moda, a HQ é bibliografia básica. E para quem gosta de boas histórias! :)